sábado, 29 de março de 2014

Resenha : A menina que colecionava borboletas.

Postado por Innara Araújo às 3/29/2014 09:45:00 AM


Sinopse : Bruna Vieira está cada vez mais longe dos quinze, e sabe que crescer nunca é tão simples. Considerada uma das blogueiras mais influentes do mundo, mais uma vez ela dá vazão ao seu talento como escritora com este seu novo livro de crônicas e pensamentos, em que mostra o quanto amadurecer e conquistar a independência é maravilhoso, mas tem seus desafios e poréns. A garota do interior que usa batom vermelho e que realizou seus maiores sonhos continua inspirando adolescentes de todo o país. Para ela, as páginas deste livro significam o bater de asas das borboletas que colecionou dentro do peito por algum tempo e que agora, finalmente, pode deixar que voem livres por aí.


Resumo (com minhas palavras) :

Não tenho muito o que falar sobre A menina que colecionava borboletas. Uma palavra define esse livro : PERFEITO. Assim como todos os outros da Bruna, 5 estrelinhas. Quem leu Depois dos quinze e gostou, vai gostar mais ainda desse porque não são muito diferentes, os dois são crônicas. Esse livro não é uma história, e sim alguns textos dela, que juntos ficaram maravilhosos. Tem alguns capítulos que contam histórias que ela viveu, mas o livro em si, não é uma. E sem contar que tem cada ilustração lindaaaaaa durante a leitura. Vou mostrar algumas para vocês.


Essa é uma das ilustrações mais fofas, amei ela. 


Algumas frases que tirei do livro :

"Para superar de verdade os nossos problemas, precisamos nos reinventar. Mergulhar dentro dos próprios pensamentos e encontrar uma pontinha de esperança que nos faça querer seguir em frente e parar de chamar tanta atenção para algo que, no final das contas, é só nosso."

"Quando algo que gostamos está sempre à nossa disposição, acabamos nos acostumando com isso e, por comodidade, nos esquecemos de demonstrar o quanto aquilo é importante e de tomar o cuidado necessário. A desvantagem de ser assim, tão distraídos, é que só nos damos conta - quando nos damos conta - de que algo era importante no momento em que o perdemos de vez."

"Queria ter te explicado que meu silêncio não era desinteresse ou um daqueles joguinhos idiotas de conquista que ensinam nos filmes; meu silêncio era por não saber explicar o que estava acontecendo dentro de mim e, principalmente, por não ter certeza se era hora de dizer."

"Às vezes, me privo de sentir coisas, falar coisas e pensar coisas. Mentira. Eu penso coisas o tempo todo. Também faço, quando quero. Só que afora eu espero um pouco mais para colocar meu coração na jogada. Vou devagarzinho com minhas expectativas, sabe? Para descobrir onde estou pisando."

"Meus caros, a vida é muito curta para a gente ficar se importando tanto com o que vão pensar. Sabe o que eu descobri dia desses? No final das contas, as pessoas enxergam o que querem enxergar."

E então, gostou ? Recomendo muito para quem gosta de crônicas. E no livro tem tantas frases e textos lindos ! Aqueles que fazem a gente refletir de verdade, sabe ? E como já disse, 5 estrelinhas muito merecidas para ele (poderia dar até 1000 !!!). E você não vai deixar de ler né? Esse é o tipo de livro que todo mundo deveria ter na estante ..

Onde comprar :

2 comentários:

Bia França on 3 de abril de 2014 19:23 disse...

Ainda não tenho esse livro, mas é minha meta até a Junho comprá-lo.. Antes dela lançar o segundo do DVAQ suhaush e eu amo a Bru, então amarei o livro u.u
De: Adolescente Para: Adolescente

Innara Araújo on 5 de abril de 2014 08:15 disse...

Não vai se arrepender de comprar haha. É muito perfeito

Postar um comentário

 

Entre amores e livros Copyright © 2012 Design by Amanda Inácio Vinte e poucos