sábado, 4 de janeiro de 2014

Os 5 melhores livros de 2013

Postado por Innara Araújo às 1/04/2014 08:07:00 PM
Como vocês estão cansada de saber, eu amo ler. Não costumo muito fazer resenhas, mas vou começar a fazer mais. Então hoje corri la na minha prateleira e peguei os cinco melhores livros que li em 2013 e vou colocar um pequeno resumo sobre cada um. Vamos ver quais foram ?


1. A Culpa é das estrelas - John Green
Eu simplesmente AMO esse livro. Eu acho que foi uma das histórias mais lindas que li, porque fala muito de superação. Eu não tenho palavras pra explicar o quanto eu amo esse livro, é isso kk. E eu posso ler ele mil vezes mas vai ser como se fosse a primeira vez.

Sinopse - A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

2. Fazendo meu filme 3 - Paula Pimenta
Não sei se vocês sabem mais a série Fazendo meu filme é uma das minhas preferidas. Paula Pimenta mostra que histórias brasileiras também podem ser lindas e emocionantes como as estrangeiras. Não foi difícil escolher qual livro pra representar a série, porque o terceiro é o meu preferido. Eu ri, chorei (muitooooooo!), me emocionei, enfim, foi uma misturas de sensações que senti ao ler ele, e já estou com o ultimo pra ler, to super ansiosa. e com certeza pretendo ler muito mais livros da Paula e super recomendo essa série.

Sinopse - "Um turbilhão de sentimentos e emoções. Assim podemos definir o terceiro volume de Fazendo meu filme. No mais intenso livro da consagrada série, Fani, agora com dezoito anos, volta da terra da rainha mais segura, mais madura, e logo se dá conta de que já não é mais a mesma menina que viajou para a Inglaterra, cheia de anseios e temores. Agora, as expectativas estão voltadas para o vestibular e o tão sonhado namoro com Leo. Mas, como em um bom filme, sua vida é cheia de surpresas, alegrias, decepções e conflitos. Estefânia Castelino Belluz terá de fazer escolhas difíceis e corajosas. Seja em confusões no namoro, nas dúvidas do vestibular, nas relações com a família ou com as amigas, Fani passa por várias novas experiências e continua a fazer o seu filme, por caminhos às vezes cheios de romance e felicidade, às vezes duros e nebulosos. A envolvente série, que já conquistou milhares de leitores e leitoras em todo o Brasil, promete, neste terceiro livro, muito mais emoções. E o comovente filme de Fani continua a ser escrito..."


3. Apaixonados - Lauren Kate
Comecei ler a série Fallen em 2011, mas fui terminar o ano passado porque depois que li Tormenta não me interessei muito em ler os outros. Mas no ano passado resolvi dar uma chance a série. E quer saber? Me arrependi de não ter lido antes ! Sim, não gostei do Tormenta, mas os outro livros são perfeitos. E a série é composta por 5 livros, sendo um deles de contos, que é o Apaixonados e é o meu preferido. Nesse livro, Lauren pegou alguns dos personagens dos livros anteriores e contou uma história sobre eles. Ao total são quatro contos, um mais lindo que o outro. Amei o livro. Sem dúvida, o meu preferido da série.

Sinopse - A história de Luce e Daniel comprova a possibilidade do amor eterno. Mas a vida do casal não representa o único tipo de amor possível. Em Apaixonados, Lauren Kate se inspirou nas histórias recebidas pelos fãs ao longo do processo de publicação dos três primeiros volumes da série - Fallen, Tormenta e Paixão. Situado em um momento entre os acontecimentos de Paixão e de Rapture - último volume da série -, Apaixonados é um passeio por diferentes paixões através do tempo, aproximando os leitores das histórias de Miles, Shelby, Roland e Ariane.


4. De volta aos quinze - Bruna Vieira 
Bruna é uma escritora (e blogueira) brasileira. De volta aos quinze é o segundo livro escrito por ela, e o primeiro de uma série chamada Meu Primeiro Blog. Não vou falar muito sobre ele porque já falei demais em um post passado, fiz até resenha. Pra ler a resenha clique aqui.

5. Teardrop - Lágrima - Lauren Kate
O primeiro livro na nova série da Lauren Kate chegou ao Brasil em Novembro e logo comprei o meu. Terminei ele já esse ano, nessa semana. Mas conto como se tivesse lido ano passado kk. Enfim, o começo da história é ótimo, mas no meio começa a ficar chato, e esse foi o motivo pelo qual larguei o livro por uns dias. Mas quando passa a parte chata, o livro se torna muito,muito bom.

Sinopse - Depois de perder a mãe em um acidente no mar, Eureka acha que nunca mais voltará a sorrir. E a promessa que fez à mãe – a de nunca mais chorar – se torna quase impossível… até conhecer Ander. Louro, alto e de pele muito branca, o rapaz parece estar em todos os lugares e saber coisas que não deveria sobre Eureka. Inclusive um estranho segredo relacionado às suas lágrimas e aos três artefatos que herdou da mãe: uma carta, uma pedra e um misterioso livro que conta a história de uma menina com o coração partido. Ela chorou tanto que deixou debaixo d´água um continente inteiro. Logo Eureka vai descobrir que a antiga lenda é mais que uma história, que Ander pode estar dizendo a verdade e que sua vida pode ter um curso mais sombrio do que ela imaginou.


Se algum de vocês já leram um desses livros, escreve nos comentários o que acharam, viu? Beijos, até a próxima. 




1 comentários:

Vicio Literario on 17 de janeiro de 2014 20:16 disse...

Já li " A culpa é das estrelas " muito bom !
Você já leu ?

http://vicio-em-livros.blogspot.com.br/ FB

Postar um comentário

 

Entre amores e livros Copyright © 2012 Design by Amanda Inácio Vinte e poucos